Explicaki

Gravidez Anembrionária

Por 7 de julho de 2011 (531) visualizações

Uma gravidez anembrionária ocorre quando o saco gestacional está vazio, sendo assim o que é chamado de “ovo cego”, isto é, um óvulo fertilizado implantou-se no útero, entretanto, o embrião não se desenvolveu. Tal problema pode ocorrer com qualquer mulher e não causa problemas em gestações seguintes.

Algumas mulheres com este tipo de gestação podem não recebem nenhum sinal de que algo está errado como dores ou sangramentos, até os hormônios podem continuar agindo como se a gravidez ainda estivesse em andamento, mas estes sinais de gravidez podem ficar menos aparentes como, por exemplo, os seis podem ficar menos sensíveis e o corpo passa a não se modificar como o esperado.

Uma gestação comum ocorre quando há a fertilização um óvulo por um espermatozoide e então as células começam a se dividir e por fim se transformam em um embrião, o que não ocorre em uma gestação anembrionária, já que a etapa do óvulo fertilizado que se transforma em um feto não acontece, mas apesar disto a placenta e a membrana continuam crescendo normalmente. Este problema é tido como um fenômeno natural, que pode ocorrer em qualquer gravidez, sua provável causa pode estar ligada a algum erro que ocorreu durante a fertilização do óvulo e quando há muitos ou poucos cromossomos.

Como os hormônios continuam atuando como se a mulher estivesse grávida, o corpo não perceve que o saco gestacional está vazio, impedindo que ocorra um aborto espontâneo.

É comum que o problema só seja percebido quando a mulher vai fazer sua ultrassonografia, onde o medico mede o seco gestacional e procura sinais de vida do embrião, se o saco medir cerca de 20mm e estive sem indícios de que há um embrião e provável que o diagnóstico inicial será de ovo cego, mas se o diâmetro do saco for menor que 20mm pode indicar que a gravidez está em um período menos avançado do que se imagina e assim um novo ultrassom deve ser feito entre uma ou duas semanas depois para se ter certeza do diagnóstico, e se mesmo depois desse tempo o embrião não aparecer será confirmado o diagnóstico de gravidez anembrionária.

Abaixo veja a comparação entre uma gestação de 12 semanas normal e uma anembrionária.

Gestação 12 semanas normal


Gestação de 12 semanas anembrionária

Descoberta a gravidez anembrionária o mais indicado a fazer é esperar que próprio organismo tome alguma providência realizando um aborto espontâneo, quando os hormônios da gravidez baixariam naturalmente, entretanto, este processo pode durar algumas semanas, mas mesmo assim se a pessoa já tiver tido algum sangramento ou expelido alguma secreção de cor marrom é interessante esperar que ocorra um aborto espontâneo. Quando esta gestação chega ao fim a mulher volta a menstruar normalmente e poderá engravidar novamente.

Mas como a descobrir de que a gestação não irá progredir, algumas mulheres preferem optar por um processo de curetagem uterina, procedimento este que é realizado sob o efeito de anestesia e a mulher pode ser liberado do hospital no mesmo dia.

É importante que antes de tentar engravidar novamente procure um médico para que ele lhe ofereça algumas orientações que possam ajudar na próxima gestação. Não haverá problemas para engravidar normalmente, mas fazer uma ultrassonografia antes das 12 semanas, procurando fazer o exame com oito semanas, pode ajudar a mulher a se sentir mais tranquila ao ouvir o som do batimento cardíaco do feto.

Comentários (6)

Certifique-se de que seu comentário esteja de acordo com as Regras da Comunidade.

vania
0
ola,tenho um questao e gostava que me ajudassem se possivel estou gravida de dez semanas e tenho um sangramento leve a 5 dias so que no quarto dia apareceu me um pedacinho pequeno de sangue marrom parecia gelatina fiz uma ecografia a 3 dias e deu tudo normal mas as gotas de sangue que tenho todos os dias nao parao os medicos dizem que e normal mas ja estou a ficar preocupada .muito obrigado
0
Malu
-1
o dia 21/11 detectei com exame de sangue gravidez, pois bem, dia 26/11 começou sair um liquido amarronzado, no dia 28/11 fiz outro exame de sangue e deu positivo, no dia 29/11 tive consulta com meu médico e falei o que estava acontecendo, ele não fez exame de toque, pois estava com pouco de sangramento então pediu uma transvaginal, fiz dia 30/11 e só apareceu o saco gestacional medindo 2,8cm, só que depois o sangue ficou mais vivo, o médico receitou utrogestan e reouso. A noite o sangramento aumenta, estou preocupada.
-1
nessa
0
estou mestruando normalmente, mas há duas semanas sinto tonturas fortes ,cólicas,câimbras,e dores nas costas,fiz o teste de farmácia e deu negativo,mas estou sentindo um incômodo grande no pé da barriga,sinto como algo mexesse e minhas roupas não fecham mais na barriga,está saindo uma secreção marrom e as tonturas estão frequentes… será que devo fazer um trasvaginal???
0
valeria pereira
1
ja tive 3 gravidez anembrionaria qual tratamento posso fazer para tentar engravidar sem riscos
1
marilea
0
ja tive dois abortos espontaneos 1 ano passado outro esse ano em fevereiro, minha duvida é estou gravida denovo mais des que engravidei a 20 dias atras fica saindo sangue aguado ou marrom no papel higiênico quando vou fazer xixi, não sinto dor nem colica, o médico me receitou duphaston 10mg mais o sangue não para.isso é normal ou sera que perdi o nenem?
0
lúcia
1
Tive uma gravidez anembrionária,menstruei sem dor e pouco fluxo,mas por 16 dias à 2semanas quando vou ao banheiro tem um corrimento marrom que rara as vezes suja a calcinha. Minha dúvida é será que já eliminei tudo?Tenho que fazer um novo ultrassom? Tomar algum medicamento ou a solução é a curetagem.obrigada.
1